.01

SAMMLIZ

"Não é preciso ser um conhecedor amiúde de música pesada par identificar, aqui e acolá, Rage Against The Machine e metal bete-estacas dos anos 90, Red Hot Chili Peppers e outras referências mais classudas. Pouco importa, pois no comando está Sammliz, que encerra o show como uma amazona galopando nas costas de um segurança no meio da multidão. E é disso que o povo gosta." Rock Em Geral - Marcos Bragatto

"Sammliz pode se dizer tímida. Mas quando pisa no palco junto de seus companheiros de guerra exorciza todos os demônios. Se joga e sente a música. No palco a banda exerce um efeito hipnótico e sedutor. A voz forte e marcante da vocal emana energia que penetra nos poros dos presentes. Quando o show começa não há quem não se entregue a esta viagem que só acaba quando a banda sai do palco. Uma experiência que antes ficava restrita apenas ao norte do país, mas que agora será de todos " Whiplash - Fabrício Moura

.02

MÚSICAS

MAMBA

Adeus com os olhos no céu pra não ver os raios em mim 2x Voce rasteja pelo tempo traz o peito queimando Deslizando pra não ver mais Meus olhos fechando os seus Eu danço para não morrer Adeus, o sol para ver Brilhando perto do fim Eu troco a pele bem no fundo Adeus com os olhos nos seus pra não ver os raios em mim Você espera pelo tempo Mas o tempo tem outro Deslizando em alguém mais E os olhos beijando os meus Eu danço para não morrer, mamba Adeus, o sol para ver Brilhando perto do fim Eu troco a pele em seu profundo amor | Ohh….3x Negra linda luz que tem entra em minha boca invoca e dança em meus lençóis e vem Mamba você sabe os olhos que tem.

MAGNÓLIA

A luz derrama A deusa vence O tempo cravando Mãos garganta adentro As luas tantas Trovões de dentro O vento esmaga ondas Até ninguém mais aqui | Magnólia é você O quanto amou e morreu Com magnólias em você

QUANDO CHEGAR O AMANHÃ

Me olhas E o brilho dos teus olhos me ilumina toda Me falas E perguntas bem baixinho se te quero um pouco Me abraças E tuas palavras são Quando o amanhã chegar vou te esperar sorrindo Pra te dizer feliz que te desejo tanto Amanhã quero te dar amor Igual a uma rosa quando forte brilha O sol E eu te direi quase à meia voz Que o tempo nessa noite que é só nossa não demora a passar Apaga essa luz que eu tenho tanto amor pra te dar Despertas E o teu riso é como o dia iluminando tudo Me beijas E a ternura de tuas mãos me acaricia toda Perguntas E eu te respondo então Quando amanhã chegar vou te esperar sorrindo Pra te dizer feliz que te desejo tanto Amanhã quero te dar amor Igual a uma rosa quando forte brilha, O sol REFRÃO 2X

AURORA

Olha pra mim virando aurora no mal tempo hoje São bons tempos hoje, tão longe e dentro E hoje eu me lembro Olha pra mim andando na rua e vão malditos amores Vão pra sempre em outros ,tão longe deles E hoje eu esqueço | São bons tempos… Ahhh 4x | Olha pra mim brilhando agora em outra vida que é hoje Outra ida de novo, tão pouco tempo E hoje eu me lembro São bons tempos, Tão longe dentro São bons tempos… ahh 4x REFRÃO X

ANO NOVO

Não há lugar em nós aqui, lentamente Então silencio das ondas em mim hoje eu danço Foi em vastos venenos e quis Porque me implora? O meu silêncio que jorra em ti e ninguém mais ah…Eu vou embora da hora mais escura vendo a cor que se forma ao redor dos teus olhos Eu vou embora Da hora mais escura deixo o mar que se forma ao redor dos teus olhos Não há final de nós em mim, lentamente esquecimento de horas a fio, hoje eu danço Foi em rastros de sol que nem viu Porque me chama? O meu silencio que esmaga em ti e ninguém mais REFRÃO X

OYA

Vem do mar vem silenciar o tempo Vem do não lugar , um outro vem , um outro vento E desde ontem levando 100  trovões iguais em mim Enquanto eu estou aqui Deite mais Vem me descansar no tempo Deite em meu lugar, um outro vem, um outro vento E desde ontem queimando E desde ontem queimando 100 trovões iguais em mim Enquanto eu estou aqui Oyá

FUCKING LOVERS

Ninguém verá o outro seguir Derramado inteiro em outros átomos Alguém verá a noite partir Procurando Deus em outras carnes Mas eu terei a sorte do fim 2X olhando a morte de uma estrela Nos olhos dela 2X | Você verá um outro em mim Nas fendas daquelas 7 saias girando Alguém verá amor ferir Rasgando você nesses clarões de raios Mas eu terei  a sorte do fim  Olhando a morte de uma estrela Nos olhos dela Por dentro há nós morrendo em quantos?

LUPITA

Não me acorde que eu não vejo a divindade, amor Não me deixe só Só me deixe ver a luz da fina flor, Xangô Não me deixe só Aço e tanino na boca a faca no diabo é o amor Abrace os meus lados e costure na sua carne E vamos em silêncio Flutuando sobre lobos, sim respirando o sal do mar Vou dormir lá fora entre um estranho novo E um  sorriso antigo seu | Não me abata antes eu não me arrependa, Senhor Não me deixe mais Só aponte pro meu peito a sua bala amor Não me deixe mais Raios e faíscas na lança o osso que me prende é você Amarre os meus santos e suspire na minha boca E vamos em silencio | Flutuando sobre lobos, sim respirando o sal do mar Vou dormir lá fora entre um estranho novo E um  sorriso antigo seu | Aço e tanino na boca Abrace os meus lados e suspire na sua carne E vamos em silêncio Raios e faíscas na lança | Flutuando sobre lobos, sim respirando o sal do mar Vou dormir lá fora entre um estranho novo E um  sorriso antigo seu.

MEU BEM

Meu bem você me viu passar de negro 2x Me deu um gole do seu copo cheio Bebi o sangue do seu coração Meu bem você me viu passar no espelho Meu bem você não me viu chorar não Dance comigo nessa luz ligeira Dance comigo nesse céu no chão | Meu bem Você não sabe o que eu tenho dentro do meu peito 4 X | Meu bem… Meu bem 4x…

FACA

Teu som de faca, eu som de sede Atrás de um sol morrendo no mesmo deserto Céu que não se move,em nós que ondulamos no rio Cobrindo os teus olhos ferindo-me de estrelas AH…  É noite enquanto vemos longe 2x Meu som de asas, teu som de dedos Abrindo o abismo no peito engole a luz que dança em mim Negras asas,minhas  pernas são águas abrindo E teus olhos inundam-me de estrelas AH…É  noite enquanto vemos longe 4X Teu som de nada Meus sons que queimam Então respira em mim,com os olhos escuros no céu que encontra AH…É noite enquanto vemos longe 2X

.03

ONDE OUVIR

” (…) Mas, sabe, danem-se estruturas, convenções e presets quando você olha uns 20 metros a sua frente e vê a vocalista num… sei lá que roupa é aquela, galopando nas costas do segurança, como se navegasse num mar de gente. Amazona, já disseram – e não poderia ser de outra forma. Ou quando a mesma Sammliz assumiu as baquetas para que o baterista Ivan Vanzar desse o mosh mais a louco da noite, sendo carregado de volta ao palco. Uma sincronia muito bem feita. Só pensei, cara, o trabalho ta sendo muito bem feito. E eles, Madame Saatan, sim, são os trabalhadores do Rock. Belém precisava mesmo se reencontrar com sua banda predileta. ” Pergunta Pro Didi – Diego Fadul

.04

AGENDA

07/10
BELO HORIZONTE
 
A Autêntica

Rua Alagoas, 1172. À partir das 22hs.

08/10
SÃO PAULO
 
Associação Cultural Cecília

Rua Vitorino Carmilo. À partir das 20hs.

.05

FOTOS

.06

CONTATO

Site Responsivo | Criação de site por – 3WMD Web+Marketing+Design  | © Todos os direitos reservados